Dê valor ao que você tem

Conheço pessoas que não têm sucesso simplesmente porque não dão valor àquilo que já têm. Vivem pensando no que não tem e muitas vezes esse sentimento é carregado de uma das maiores armadilhas para o sucesso: a inveja. 
São pessoas que não valorizam sua saúde, a casa em que moram, os filhos que têm, a esposa ou o marido com quem se casaram, o emprego que possuem, o país em que residem, etc. Nada é realmente bom. Bom é sempre o que os outros possuem. Sentem-se infelizes.
Conheço pessoas que reclamam de coisas absolutamente normais da vida. Outro dia uma delas reclamou que seu patrão era muito exigente. Outra me disse que sua casa sempre estava precisando de reparos. Teve quem dissesse que o trânsito estava muito difícil e que se cansava de dirigir da casa para o trabalho todos os dias. Outra ainda me falou que estava com dores nos joelhos porque estava muito gorda e assim por diante. Pergunto: isso não são coisas normais da vida? Será que essas pessoas pensaram: “ainda bem que tenho um emprego e um chefe exigente”, “graças a Deus tenho uma casa para morar”, “ainda bem que tenho um carro para ir trabalhar”, “estou gorda porque tenho fartura de alimento”?
 Sei que os leitores me dirão que sou a favor de fazer o “jogo do contente” da Pollyanna. Que sou uma “Alice no País das Maravilhas” ou ainda que sou um alienado porque não tenho problemas. Isso tudo não é verdade. A verdade é que temos que aprender a dar valor ao que temos: à saúde, à família, aos filhos, etc. A dar valor ao pouco que temos. Quanto mais dermos valor, mais seremos motivados a cuidar desses verdadeiros presentes, pois nem todos têm o que temos e sempre haverá pessoas em situações muito mais difíceis do que a nossa, em qualquer sentido.
Conheço empresas que não dão valor aos clientes que possuem e reclamam deles o tempo todo. Da mesma forma agem com fornecedores e representantes. Não conseguem ter gratidão pelo que já possuem e não buscam com serenidade melhorar os aspectos positivos daquilo que possuem e daqueles com quem convivem.
 Assim, em vez de reclamar de tudo, faça um bom exame de consciência e veja quantas coisas boas você tem. Aproveite e veja o quanto os outros não têm. Não olhe somente para quem tem mais. Olhe para quem tem menos e agradeça, valorize, preze e cuide de tudo o que você tem e de todos com quem convive.

Anúncios

Obrigada por fazer parte desse Blog..

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s